Coisas #5

A fita do bonfim é um típico suvenir e amuleto de Salvador da Bahia, no Brasil. Aquele clássico primeiro suvenir e depois amuleto da sorte que ajuda a fazer milagres, no fundo uma direcção assistida da fé. Fácil. Grande negócio. O Credo é o melhor Marketing de sempre. Pôr as pessoas a acreditar em algo é a melhor forma de vender coisas. No fundo este objecto é o Credo em si.  Bem aqui está algo mais informativo, vindo da net, unedited, cortesia do novo acordo ortográfico :

A História
A fita original foi criada em 1809, tendo desaparecido no início da década de 1950. Conhecida como a “medida do Bonfim”, seu nome é devido ao fato de que a exacta medida de 47 cm de comprimento, é o braço direito da estátua de Jesus Cristo, «Senhor do Bonfim”, situada sobre o altar mor da igreja mais famosa da Bahia. A imagem foi esculpida em Setúbal, em Portugal e no século XIII. A “medida” era feita de seda, com o desenho e o nome do santo bordados e complementada com tonalidade dourada ou prata. Foi usado em torno do pescoço como um colar, onde santos e medalhões estava suspensos, funcionando como um tipo de moeda: após a fazer uma  promessa, os fieis carregavam uma  foto ou uma pequena escultura de cera representando a parte do corpo que tinha sido curada com a ajuda do santo. Como uma lembrança, estas fitas seriam adquiridas, simbolizando a própria igreja.
Ninguém sabe quando ocorreu a transição entre o antigo estilo de fita e o novo  (usado em torno do punho), embora a nova fita tenha sido popularizada pelos vendedores ambulantes de Salvador em torno da década de 1960, quando foi também adoptado pelos hippies baianos  como parte de seu estilo de vestir.
Cores
Vendida em diversas cores , a Fita do Senhor do Bonfim possui um lado que poucos realmente conhecem: cada cor simboliza um Orixá (ou divindade da religião ioruba). Verde escuro é para a divindade Oxossi. Azul Claro  para Iemanjá, Amarelo para Oxum … Seja qual for a cor, a fita possui uma  representação típica simbólica, estética e da cultura afro-brasileira. Falando praticamente, as cores representam várias palavras positivas (como o azul para prosperidade).

Uso
Uso das famosas fitas foi utilizada por  designers brasileiros localmente e nacionalmente de muitas maneiras diferentes. Para ver um exemplo, veja esta página de Namira. Além de sua declaração de estilo,o usuário  deve ter três nós atados e se a fita cai, naturalmente, os desejos serão concedidos. Segundo a Travelvice.com … [ Vulgo: a explicação científica do milagre ]

“Várias hipóteses de um milagre, ou chances para múltiplos milagres, são obtidos quando o usuário faz um desejo de cada vez que os  três nós são amarrados para segurar a fita a volta do punho.
Nenhum  desejo, será concedida a menos que a fita seja deixada a volta do pulso até se desintegrar naturalmente , e cai a partir do pulso do seu próprio acordo. Se você remover ou cortar a fita os desejos não vão ser nunca ser realizados e você vai atrair má sorte e infortúnio .

Se você pretende perseverar e deixar a fitinha amarrada , isso é  um compromisso sério. Pensa-se que a fita  típica  cair depois de alguns  meses, mas eu tenho lido histórias de fitas permaneceram intactas de seis meses a dois anos depois que eles foram amarrados!
Houve uma fonte na Internet que disse que você nunca deve comprar a sua  própria fita, mas apenas aceitá-las como brinde. Além disso, alguns sites mencionam que um terceiro deve amarrar os nós para você, quando você faz os seus desejos .”

Aquilo em que acreditas materializar-se-á. Enquanto que a promessa à Nossa Senhora terá de ser paga se for cumprida, e paga na mesma se não for, já que trabalho de consultadoria não é fácil, a “pulseira” (até entre aspas é ofensivo) quando se desmaterializar, o desejo concretizar-se-á.   Quanto mais elaborada a eventualidade e difícil de executar o castigo mais probabilidade há de se vir a concretizar. De joelhos não é a mesma coisa que de calçado desportivo, com equipas de apoio  e GNR’S  solícitos a indicar o caminho seguro. Assim, de certeza, vamos também ter crise de milagres!

Desde de que se mantenham certos requisitos técnicos para o credo se concretizar, credos como : atirar a moeda de costas para uma fonte,  entrar no campo com o pé direito ou se o revisor vier em 7 segundos o Manech não está morto, funcionarão. Audrey Tautou anda a povoar muito os meus posts, mas o filme em que isto acontece faz me acreditar (também sou um crente) que às vezes basta mesmo apenas crer, sem -q de quá-quá, para que as coisas aconteçam.

Anúncios

Autor: sellmayer

Paulo Sellmayer is a portuguese/german designer based in Leiria, Portugal. He is the creative director at VICARA and holds his own office.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s